4 de set de 2011

Giro de Notícias pelo Mundo...

Americano é preso por tirar pedaços de cobra com mordidas

BBC Brasil- Cobra ficou gravemente ferida, mas foi salva com uma cirurgia de emergência


Um americano da cidade de Sacramento, na Califórnia, foi preso sob a acusação de deixar uma cobra de estimação seriamente ferida após mordê-la duas vezes.

A polícia foi chamada a um local no norte da cidade na noite de quinta-feira pensando que se tratava de um caso de ataque a uma pessoa.

Mas enquanto os policiais conversavam com David Senk, de 54 anos, encontrado caído no local, uma testemunha o acusou de tirar pedaços da cobra píton a dentadas.

O homem acabou detido sob a acusação de mutilar um réptil.

A píton foi submetida a uma operação de emergência e está se recuperando do ataque.

Segundo o serviço de atendimento a animais de Sacramento, a cobra ficou gravemente ferida e perdeu algumas costelas, mas foi salva pela cirurgia.

As mordidas na cobra de um metro de comprimento eram suficientemente grandes para expor o fígado do animal.

Da prisão, Senk afirmou à mídia local que não lembrava do incidente e que tem problemas com o consumo de álcool.

"O que foi que eu fiz?", perguntou Senk. "Se vocês encontrarem o dono da cobra, digam a ele que eu sinto muito... Eu me disponho a pagar pelos custos do tratamento", afirmou.

Dieta radical de 600 calorias reverte diabetes tipo 2 em pacientes

BBC Brasil- Para médicos, dieta mostra benefícios da perda de peso no tratamento da diabetes
Um estudo publicado em uma revista científica na Grã-Bretanha sustenta que uma dieta radical de 600 calorias por dia durante oito semanas pode reverter diabetes tipo 2 em pessoas recém-diagnosticadas com a doença.

O artigo dos pesquisadores da universidade de Newcastle, publicado na revista científica Diabetologia, indicou que a dieta reduziu os níveis de gordura no fígado e no pâncreas de 11 pacientes estudados, ajudando os níveis de insulina a voltar ao normal.

Todos os 11 haviam sido diagnosticados com diabetes tipo 2 até quatro anos antes. Três meses após o tratamento, sete estavam livres da doença. O nível de produção de insulina se manteve estável mesmo após a volta à alimentação normal.

Os pesquisadores disseram que é preciso continuar os estudos para verificar se este efeito é permanente.

O diretor do Centro de Ressonância Magnética da Universidade de Newcastle, Roy Taylor, disse que não recomenda a dieta e que o experimento teve como única finalidade observar efeitos científicos.“Esta dieta foi usada apenas para testar a hipótese de que, ao perder peso substancialmente, as pessoas ‘perdem’ também a diabetes”, disse o acadêmico.

“Embora este estudo seja com pessoas diagnosticadas com diabetes apenas nos últimos quatro anos, há potencial para as pessoas com diabetes de mais longo prazo tentarem reverter as coisas.” Leia mais.../


Fonte: BBC Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários não refletem necessariamente a Opinião da editora do blog "PONTO DE VISTA".

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP