1 de dez de 2012

UEM- é a nova integrante do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras



UEM passa a integrar o Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) é a mais nova integrante do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB), um fórum de cooperação internacional de instituições do Brasil e de Portugal. 

A nova conquista do plano de internacionalização da UEM foi consolidada durante a V Assembléia Geral do GCUB. O evento foi realizado durante o IV Seminário Internacional, em Curitiba, entre os dias 28 e 30 deste mês. Participaram o reitor Julio Santiago Prates Filho e a assessora de Cooperação Internacional da UEM, Evanilde Benedito. 

O GCUB é formado por 28 instituições brasileiras, 8 universidades de Portugal e 17 da Espanha. O Grupo foi formalmente constituído como associação de dirigentes universitários em 2008, e é composto por universidades nacionais (federais, estaduais, confessionais e comunitárias), cuja missão é promover a integração interinstitucional e internacional, mediante programas de mobilidade docente e discente, contribuindo para o processo de internacionalização da rede universitária nacional com suas contrapartes estrangeiras.

Por intermédio da Universidade de Coimbra, a mais antiga do mundo lusófono, o Grupo integra-se à linhagem das universidades européias, com o qual mantém vínculos de intercâmbio científico, pedagógico e cultural. O GCUB acolhe mais de um milhão de alunos matriculados na graduação; além disso, comporta a quase totalidade (98%) dos programas de pós-graduação senso-estrito e dos grupos de pesquisa consolidados (94%) no país, conforme dados do próprio Grupo.

Segundo o reitor Julio Santiago Prates Filho, a inserção da UEM no GCUB representa um passo importante na expansão do plano de internacionalização da Universidade: "Tivemos a possibilidade de apresentar e inserir a UEM num foro privilegiado".

A reunião realizada em Curitiba também propiciou o reencontro da reitoria da UEM com autoridades das universidades integrantes do Grupo, além de representantes da OEA, de demais universidades portuguesas e também da América do Sul. Foram destacadas oportunidades de articulação da UEM com as demais universidades membros do Grupo. "Foi um reencontro, no âmbito internacional, dos reitores das melhores universidades brasileiras e portuguesas", acrescenta Prates Filho.

Os debates foram divididos em três grupos temáticos: Estudos doutorais e de Pesquisa, Mobilidade Acadêmica e de Reconhecimento e Acreditação. A UEM fez ainda adesão para participar como membro nos grupos de trabalho das três áreas.

N:B- Notícia encaminhada para publicação pela Coordenadoria de Imprensa da UEM

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários não refletem necessariamente a Opinião da editora do blog "PONTO DE VISTA".

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP