17 de mai de 2014

Izabel Pimentel fechando a Volta ao Mundo em Solitário




O país das contradições
Por José Geraldo Pimentel
Cap. EB

O Brasil sediará os Jogos da XXXI Olimpíada (Rio 2016).

Gastam-se bilhões de reais na construção de vilas olímpicas, áreas de treinamentos e hospedagens para delegações estrangeiras, serviços para equipes de transmissões de TV e imprensa de um modo geral, reformas de aeroportos e vias de acessos aos locais de competições. 

E os atletas olímpicos? 

Existe competição sem a matéria prima: o atleta? Países que ganham medalhas e estão sempre na frente das pontuações, como EUA, Rússia e até Cuba, investem no atleta. Não apenas nos treinamentos, mas na sua condição de seres humanos, que precisam formar um capital para garantir o depois das competições. Ao longo de suas existências. No Brasil, não.

Veja o texto completo no endereço:

http://www.jgpimentel.com.br/texto_especiallist.asp?key_m=78

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários não refletem necessariamente a Opinião da editora do blog "PONTO DE VISTA".

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP