17 de mai de 2014

Izabel Pimentel primeira velejadora brasileira a cruzar o Atlântico

Determinação e Coragem: marcam a vida da velejadora brasileira Izabel Pimentel

Izabel Pimentel é uma velejadora brasileira. Em 2006, se tornou a primeira velejadora brasileira a cruzar o Oceano Atlântico em solitário 1 , uma viagem que durou 42 dias e 6 horas. Ela partiu no dia 10 de Julho de Cascais, Portugal e chegou a Fortaleza, Brasil no dia 21 de Agosto às 22h. Pimentel velejou em um Mini-transat de 21 pés (6,5 metros) e, no total, ela percorreu 5.300 milhas (9.500 km). Ela cruzou o Atlântico em 40 dias e transformou sua vida aos 40 anos

"Coragem, garra e destemor. Quando penso na jornada de Izabel Pimentel, tão bem relatada neste livro, são estas palavras que me vêm à cabeça." - Lars Grael, velejador

"Durante sessões diárias de entrevista, ouvi de Izabel Pimentel relatos de momentos de sonho, alegria e de muita, mas muita coragem. A memória de sua travessia do oceano Atlântico, quando partiu de Portugal para chegar ao Brasil 42 dias mais tarde, era recheada de momentos de tensão e superação." - Mariucha Moneró, jornalista

A Travessia de uma Mulher traz o relato de uma velejadora que passou 42 dias em alto-mar a bordo de um pequeno barco no qual era impossível ficar de pé. Enfrentando perigos a que poucos homens se exporiam, Izabel Pimentel conquistou um feito inédito: foi a primeira brasileira a cruzar sozinha o oceano Atlântico.

Por muito tempo, Izabel batalhou pelo sonho de lançar-se ao mar, uma aventura na qual pensava dia e noite. Aos 40 anos, ela não teve medo da solidão em alto-mar, dos navios gigantescos que poderiam cruzar seu caminho, das fortes tempestades, dos ventos e das correntes que enfrentaria, do desconforto de um barco de apenas 21 pés e de muitos outros perigos que a esperavam nessa travessia.

A velejadora enfrentou desafios impressionantes para percorrer a distância que separa Portugal do Brasil. Adrenalina, imprevistos, tensão, alegria e muitos riscos. 

Num relato de superação constante, exemplo de força de vontade e coragem, Izabel revela como venceu o mar e, principalmente, como superou a solidão: "A travessia do oceano Atlântico foi um capítulo a mais na minha vida. Talvez um dos mais importantes, quem sabe um dos mais ousados. 

Um capítulo que antecederá tantos outros, talvez nem tão emocionantes ou quem sabe ainda mais perigosos. Não resta dúvida de que o mar será ainda por muito tempo protagonista de minha história e que a volta ao mundo em solitário é meu projeto maior. 

Se o vento soprar a favor, só vai ajudar e, se bater contra, vai encarar uma desafiante teimosa e valente. Mas aí já é uma outra história..."

Editora Objetiva-

http://www.objetiva.com.br/

N:B - Filha do colaborador e amigo do Blog Ponto de Vista- Cap. EB- José Geraldo Pimentel

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários não refletem necessariamente a Opinião da editora do blog "PONTO DE VISTA".

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP