9 de nov de 2014

Militar Luiz Carlos Braga, solta o verbo e exige do alto comando das Forças Armadas, compromisso para com a FM.

DESABAFO  DE  UM  PIJAMA  INDIGNADO.

Por Luiz Carlos Braga 

 Há 12 anos que nós da reserva, esperneamos, esbravejamos, tentamos formar opinião, escrevemos nossos textos, participamos de fóruns de discussão, somos humilhados por essa tal Comissão da Meia-Verdade, aceitamos  bovinamente  esse revanchismo declarado, sofremos com esse arrocho salarial, chamamos a atenção dos nossos irmãos da ativa para os perigos que nos rondam e aí fica a pergunta: O que foi feito de prático até agora, em prol da família militar? A resposta é NADA.

Estou perdendo a esperança e até mesmo a confiança na Instituição que forjou a nossa têmpera e que aprendemos a amar com fé e orgulho. A hora de agir já passou há muito tempo. Não é de hoje, que a todo instante, dependendo das conveniências e interesses de momento, a nossa Constituição é impunemente rasgada pelos últimos governantes, sem que nada aconteça.

Enganam-se os pensam que sou a favor de quarteladas ou Ditaduras.
O que foge a nossa compreensão e a qualquer raciocínio lógico é ter que aceitar como normal, que uma meia dúzia de oportunistas inconseqüentes, tome de assalto uma nação inteira, fazendo o que bem entendem e tudo fique por isso mesmo.

Os Clubes Militares, de há muito, deixaram de exercer o seu papel nas importantes decisões do país e já não detém hoje, qualquer poder de convencimento ou mesmo de aglutinação até mesmo entre seus membros mais ilustres.

 Lembro-me  a frase dita pelo General Heleno naquele famoso Seminário aqui no Rio de janeiro, e cujo tema era: A Amazônia e a soberania Nacional, onde enfaticamente afirmou: “O Exército Brasileiro e por extensão as Forças Armadas, são Instituições sólidas, regulares e voltadas tão somente para os interesses da nação e do seu povo, e não de governantes”.

Afinal, são ou não as FFAA, as guardiãs da nossa Carta Magna? O que ocorre hoje no Brasil, jamais aconteceria em um país sério e responsável. Tudo é feito às claras e sob a égide da certeza de uma explícita impunidade.
  
Esse desgoverno, há 12 anos, vem atuando como o braço político-ideológico de um Partido e não como Estado, haja vista a sua sistemática aproximação somente com governos tiranos e sanguinárias ditaduras comunistas.  

Decididamente, não identifico nos atuais Comandantes, a mesma fibra, o mesmo patriotismo e o mesmo destemor que se caracterizavam como marcas registradas nos Oficiais Generais do passado.

  Esse último ato de desrespeito e total ingerência nos assuntos internos do Brasil, um verdadeiro ultraje a nossa soberania, praticado de forma sob-reptícia e clandestina por um Ministro Venezuelano, nos dá a dimensão exata da omissão e da covardia de todos aqueles que deveriam reagir a essa flagrante quebra dos preceitos constitucionais que, em última análise, nos submete e uma deprimente humilhação como nação.

Perdoem-me pelo desabafo, mas estão se esvaindo as forças que ainda restam aos homens de bem, para continuar nessa inglória luta. Algo tem que se feito e com a maior urgência.

 As armas dos que hoje usam um pijama ( a palavra, um computador e a Internet ), decididamente, ao longo desses 12 anos, não foram suficientes para sensibilizar a sociedade civil e muito menos aqueles em quem aprendemos a confiar e, que teriam sob a sua responsabilidade, zelar pela ordem, pelo progresso e pela liberdade no nosso Brasil.

Saudações Fabianas e meu fraternal abraço,


Luiz Carlos Braga- militar reformado das Forças Armadas do Brasil       

8 comentários:

Anônimo,  10 de novembro de 2014 10:28  

Bom dia!

Vejo muitos militares da reserva se manifestando, rugindo como leões. Porém, aquilo que mais chama a atenção é que, estes mesmos militares, quando na ativa nada fizeram além de cuidar de seu umbigos. Eram gatinhos miando por um pires de leite...

Roberto Fernandes - 1º Sgt da Ativa do EB

Braga,  10 de novembro de 2014 16:48  

Prezado Roberto Fernandes.

Quem lhe responde é o autor do artigo acima publicado.

Lamento o seu equivocado comentário. Os militares da reserva se manifestam pelo fato da Constituição lhes assegurar esse direito, o que é negado aos militares da ativa, haja vista o impedimento previsto na constituição, além das consequências que todos conhecemos. A afirmativa, generalizada, que você utiliza quando diz: "quando na ativa nada fizeram além de cuidar do seu umbigo" não é verdadeira. Afinal, nós sabemos muito bem que, só quem tem o poder de decidir ou mesmo fazer alguma coisa, são os Oficiais Generais da Ativa e, estes sim e aí eu concordo com você, não vejo se manifestarem nos dias atuais, apesar de udo que vem acontecendo no país, nesses últimos 12 anos. Isso é que tem que ser entendido por você e por todos os nossos irmão da ativa. Portanto sejamos justos, na atual situação de penúria em que se encontra a família militar, é mais do que importante e necessária a união e participação de todos, reserva e ativa, na luta pelos nossos mais justos e tardios anseios. Entenda meu caro Roberto Fernandes, nós da reserva, somos a voz de uma categoria que, ultimamente, só tem tido deveres a cumprir e o direito de pagar impostos, receber ordens, cumprir regulamentos, sofrer o revanchismo e as humilhações por parte desse governo e ser tratado como um cidadão de segunda categoria. Pense nisso.

Meu fraternal abraço - Braga

Anônimo,  10 de novembro de 2014 22:06  

VERDADE SEJA DITA...SE NEM OS MILITARES SE PRONUNCIAM SOBRE AS DIVERSAS BARBARIDADES QUE SE PRATICAM COM O PODER DO ESTADO E NESTE CASO É PORQUE DESCONHECE AS LEIS, TAMBÉM SÃO POUCOS OS CIVIS QUE HONRAM SEUS COMPROMISSOS OU ATE MESMO CONHECEM O SEU TRABALHO. O BRASIL ESTA DIVIDIDO EM TODAS AS SUAS ORBES, NADA MAIS JUSTO ENTÃO QUE FALAR SOBRE AS ESCRITURAS QUE APONTAM PARA O FIM DOS TEMPOS: PORQUANTO SE LEVANTARA NAÇÃO CONTRA NAÇÃO, REINO CONTRA REINO, HAVERÁ FOMES E TERREMOTOS EM VÁRIOS LUGARES E ISTO SERÁ O PRINCÍPIO DAS DORES. O HOMEM DESCONHECE A SUA NATUREZA, DESCONHECE O SEU AMBIENTE, NÃO QUER CONHECER A SABEDORIA E QUER CONTROLAR SEU SEMELHANTE...PRIMEIRO É PRECISO SABER QUEM ESTA COM A VERDADE. HA UMA SAÍDA PARA O BRASIL NO MOMENTO QUE ESTAMOS EM INICIO DE TURBULÊNCIA, MAS TERÃO QUE SER RÁPIDO... EM MUDAR O ATUAL MODELO QUE NOS GOVERNA SEJA POLÍTICO, SEJA ECONÔMICO. SENDO O ECONÔMICO O MAIS IMPORTANTE, PORQUE DELE ADVÊM AS SOLUÇÕES QUE PRECISARÁ O PAIS E O MUNDO PARA RESOLVER OS PRINCÍPIOS DE INCÊNDIOS QUE VIRÃO. ESCOLHAM OS SEUS SÁBIOS PORQUE OS QUE LHES GOVERNAM SÃO PARA NÃO OFENDER IGNORANTES SOBRE O QUE OS RODEIA.

Félix Maier 11 de novembro de 2014 12:10  

O Sgt Roberto Fernandes poderia começar dizendo que não dá nem para comprar uma colher de leite com o salário família que ele recebe - R$ 0,48... Miau, miau, miau...

Anônimo,  11 de novembro de 2014 22:58  

General. Infelizmente o roberto fernandes tem razão. VEXa quando na ativa ficou calado, agora quer gritar. os que estão na ativa, quererão gritar quando passarem para a reserva, como VEXa. Na ativa só tem bundão. Não falo dos Praças, coitados, mas dos Oficias que não têm vergonha de olharem-se no espelho. Bundões, que só se preocupam com o cumprimento da missão, pelos praças, lógico. Castelo branco, costa e silva, geisel e figueiredo também foram bundões. só se salva o meu grandioso general de verdade EMÍLIO GARRASTAZÚ MÉDICI, que foi macho pra caral...... os restos foram e são os restos.
Meus respeitos, apenas pela sua idade, general braga.

Braga,  12 de novembro de 2014 20:26  

Embora eu não tenha o costume de responder a pessoas que se escondem no anonimato, vou abrir uma exceção, somente para colocar as coisas nos seus devidos lugares. Primeiramente, gostaria de deixar claro o seguinte: Se você tivesse tido o cuidado de ler atentamente e de forma cuidadosa o meu artigo, teria observado que jamais esse texto poderia ter sido escrito por um Oficial General, haja vista as críticas que faço, justamente a eles. Meu caro "anônimo", pertenço (talvez como você) a chamada sub-raça das praças. Até concordo, em parte, com o seu comentário. Entretanto, peço que leia novamente o artigo para que possa ter o exato entendimento de tudo que ali está escrito.

Cristiane Alberti,  17 de novembro de 2014 11:37  

Bom dia, o que o sr me diz do Foro de São Paulo?

Braga,  17 de novembro de 2014 20:15  

Prezada Cristiane Alberti.

O Foro de São Paulo, é um Organismo Internacional, criado em 1.990 por Lula e Fidel Castro e que tem como objetivo implantar o regime comunista em toda a América Central, Caribe e América do Sul, transformando todos os países num único bloco vermelho, nos moldes Cubanos, onde cada país teria o seu ditador. Na Venezuela isso já acontece e o que se tem notícia, é de que o caos social e econômico já está instalado. Sugiro que você faça uma pesquisa ais aprofundada através da Internet, usando o Google, haja vista que lá você encontrará farto material (explicativo e elucidativo) à sua disposição.

Postar um comentário

Os comentários não refletem necessariamente a Opinião da editora do blog "PONTO DE VISTA".

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP