10 de abr de 2015

Projeto Vale da Seda- uma realidade que deu certo.



Vale da Seda
A escolha do Vale da Seda para ser a ‘empresa’ que representará a moda paranaense nesta edição do SPFW se deu por conta da alta qualidade da marca, que busca produzir e oferecer ao público produtos diferenciados e com valor agregado.

 “Tudo isso foi ao encontro das expectativas da curadoria do SPFW, que costuma ser bastante criteriosa ao escolher os produtos que estarão na FFWShop e serão conferidos pelo público que circular pela semana de moda”, explicou Carla Werkhauser, do Sebrae/PR.

Um dos responsáveis pelo Vale da Seda é João Berdu, que destaca esta como sendo a grande oportunidade de fortalecer a imagem do empreendimento na região em que está sediado, como também, poder divulgar para todo o País o trabalho que é feito no Estado. “A nossa expectativa não é a comercialização, mas sim apresentar o Vale da Seda e mostrar que os nossos produtos têm qualidade e são reconhecidos e aprovados pelos maiores especialistas em moda do Brasil”, frisa.

Os produtos selecionados do Vale da Seda, que estarão na FFWShop, são acessórios, cachecóis para o inverno e echarpes para o verão. “O público poderá conhecer a echarpe Maho, feita em seda tão fina, que muda de cor conforme a pessoa se movimenta. O nosso grande diferencial é sem dúvida a forma com que produzimos e o design”, adianta Berdu.

O espaço da FFWShop é montado a cada edição da semana de moda e visa ofertar aos visitantes produtos com design diferenciado e itens de edição limitada. Outras empresas da moda paranaense já passaram pela FFWShop em edições anteriores, como a EcoCalema, de Capitão Leônidas Marques, no oeste do Estado; e a EcoJoias, de Corbélia, também no oeste; e a Stooge, de Apucarana, na região norte do Paraná.

Incubadora Tecnológica de Maringá

Segundo o assessor de Inovação da Universidade Estadual de Maringá e coordenador de Grupo de Apoio Estratégico da Incubadora, Marcelo Farid Pereira, o processo para fortalecimento dos produtores e artesãos da seda já tem dez anos e “chegou o momento de colher os frutos. Os produtos chegam ao mercado com mesmo padrão dos similares internacionais. Houve participação da UEM, por meio de pesquisas, na melhoria dos casulos, da seda e dos produtos confeccionados a partir da seda.

Precisamos salientar ainda que os projetos têm grande peso social, valorizando o trabalho de artesãos da região e promovendo a sustentabilidade, agregando valor à matéria-prima. Este quiosque será projeto piloto de um sistema de franquia na área, firmado em princípios do comércio justo. 

Poucas empresas de inovação conseguiram passar de start up para processo de incubação e estar no Parque Tecnológico com uma franquia no mercado num prazo relativamente curto”.

O Projeto Vale da Seda é desenvolvido pelo Instituto Vale da Seda e pela empresa Bisa Overseas na Incubadora Tecnológica de Maringá. A Incubadora foi formada por meio de um convênio entre diversas entidades civis e governamentais, entre elas, a UEM. A Incubadora está instalada no câmpus da UEM, no bloco 14, e nos antigos armazéns do IBC. Mais informações pelo fone (44) 3029-9161 ou site www.incubadoramaringa.org.br.

Fonte: Incubadora Tecnológica de Maringá

N.B- Matéria encaminhada para publicação pela Coordenadoria de Imprensa da UEM

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários não refletem necessariamente a Opinião da editora do blog "PONTO DE VISTA".

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP