8 de jul de 2015

Professor de Física da UEM, Nelson Astrath,ganha PRÊMIO INTERNACIONAL

Professor de Física da UEM ganha prêmio internacional

O professor Nelson Guilherme Castelli Astrath, do Departamento de Física (DFI), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), ganhou o Prêmio Jovem Cientista da Associação Internacional de Fotoacústica e Fototérmica (The International Photoacoustic and Photothermal Association - IPPA), uma entidade norte-americana, e que é considerado o maior prêmio mundial da área.

O prêmio a ser entregue ao pesquisador da UEM é "2015 Junior Prize of the IPPA". 

Ele visa a reconhecer jovens cientistas (abaixo de 40 anos) excepcionalmente promissores como futuros lideres nesse campo de pesquisa.

Para o professor, a importância da premiação consiste no fato do reconhecimento do trabalho desenvolvido na área em questão. Por conta da honraria, a partir de agora, Nelson Astrath passa a integrar o comitê responsável pela organização e premiação dos próximos pesquisadores.

Em setembro, o professor da UEM receberá o prêmio em uma cerimônia especial durante a conferência "18th International Conference on Photoacoustic and Photothermal Phenomena (ICPPP18)", na cidade de Novi Sad, na Sérvia. O evento ocorre a cada dois anos, em diferentes países, em 2005, por exemplo, foi realizado no Brasil.

Astrath recebeu, na manhã desta quarta-feira (8), correspondência do presidente do IPPA, Andreas Mandelis, informando-lhe sobre a premiação e, destacando, entre outras coisas, que “o prêmio foi criado para reconhecer notáveis ​​jovens pesquisadores que, numa fase anterior de sua carreira, fizeram contribuições significativas para a fotoacústica, fototérmica e técnicas e aplicações que deverão ter forte impacto sobre diversas comunidades científicas e de engenharia relacionadas. Ele consiste de US $ 1.000 e um certificado com a citação adequada”.

Em resumo, o certificado registra que a premiação dada ao pesquisador da UEM se deu em razão “da contribuição de Astrath para a demonstração experimental e teórica interpretação detalhada das forças de radiação na água, fazendo uso de uma abordagem de detecção de espelho fotomecânico”.

Nelson Astrath fez a graduação, o mestrado, o doutorado e o pós-doutorado em Física pela UEM, além de outro pós-doutorado em Física pelo Institute for Fuel Cell Innovation, National Research Council Canada - IFCI-NRC.
Atuou como Research Associate no IFCI-NRC e como professor visitante na Utah State University. Atualmente, é professor adjunto do Departamento de Física da UEM. 

Tem experiência na área de Física, com ênfase em Física da Matéria Condensada, atuando principalmente nos temas: Desenvolvimento teórico e experimental das técnicas fototérmicas (Lente Térmica, Espelho Térmico, Espectroscopia Fotoacústica, Efeito Miragem) para o estudo de propriedades térmicas, ópticas e mecânicas de sólidos não cristalinos e líquidos; Pressão de Radiação em sólidos e líquidos; Estudo de reações fotoquímicas em materiais aquosos e óleos combustíveis; Desenvolvimento de novos materiais vítreos para geração de luz laser, luz branca e foto-conversores.

A descrição do prêmio pode ser vista no site http://cadift.mie.utoronto.ca/ippa/
Outras informações pelos telefones  (44) 3011-4330 ou 3011-6044.

N:B- Notícia encaminhada para publicação pela Coordenadoria de Comunicação da UEM

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários não refletem necessariamente a Opinião da editora do blog "PONTO DE VISTA".

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP